Webmail:

Aviso!!!
As informações contidas abaixo são de sites externos, à Paranaguá Pilots apenas disponibiliza em seu portal para fins de informação e divulgação. Assim sendo isenta-se de qualquer responsábilidade sob seu conteúdo, ou mesmo disponibilidade.

Publicado em 19/09/2013 14:43:54 por DeLeon - Assessoria de imprensa da Paranaguá Pilots | Tags: frete , aumentou , estudo , IBPT , custo

Frete Marítimo aumentou 82,11% em quatro anos

"O estudo sobre o tema considerou custos diretos e indiretos das operações e serviços como a praticagem. "

Legenda
Veja o estudo completo aqui.

O valor do frete marítimo entre janeiro de 2009 e abril de 2013, aumentou de US$ 42,33 para US$ 77,09 por tonelada, o equivalente a mais de 80%. Nesse período, a arrecadação dos tributos sobre a importação foi de US$ 226,15 bilhões, ou seja, R$ 435,43 bilhões. Caso não houvesse aumento do custo do frete marítimo, a arrecadação tributária seria menor em US$ 5,51 bilhões, ou R$10,55 bilhões. O custo deste serviço influencia a base de cálculo dos tributos sobre importação e representa um impacto na arrecadação.

O estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação - IBPT apurou ainda que o aumento no valor do frete sobre as mercadorias importadas também se refletiu na inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que teve um crescimento de 1,82 ponto porcentual no período, sendo 0,75 ponto percentual somente no ano de 2012. De acordo com o levantamento, tanto o aumento do consumo de produtos importados no País, quanto de insumos para a produção de bens e serviços.

O levantamento, que teve destaque na imprensa em todo o País, aponta que o aumento no custo do frete marítimo impacta diretamente nos preços finais dos produtos importados, cujo consumo no País tem aumentado, pela aquisição de produtos ou insumos utilizados pela indústria nacional.

Fonte: #

Copyright © - Paranaguá Pilots - Todos os direitos reservados - 2014
Rua Benjamim Constant, nº 111, Oceania - Paranaguá-PR
CHR Group - Development